Cases de Sucesso de Transformação Digital em Grandes Empresas

Três empresas que se adaptaram e saíram na frente usando a transformação digital.

Algumas empresas já se atentaram para a importância de passar pelo processo de mudança proposto pela transformação digital e hoje colhem os frutos desse investimento. Então, resolvemos trazer 3 histórias de sucesso de organizações que atuam no Brasil para mostrar que é possível sim trazer a inovação para a nossa realidade.

  1. Renault - Nissan

A Renault-Nissan é uma das maiores fabricantes mundiais de veículos que opera no Brasil desde 2000. Perceberam a necessidade de ingressar no mundo digital como uma maneira de ampliar seus negócios. Entretanto, não foi fácil iniciar essa reformulação na empresa por se tratar de uma indústria bastante antiga e pelo fato do e-commerce não ser tão difundido no setor automobilístico.

“Essa indústria é muito antiga e precisa se reinventar, porque a forma como vendemos carros hoje é praticamente a mesma de como se fazia há 40 anos. Embora o assunto e-commerce seja muito falado em outros segmentos, na automotiva isso quase não existia”, afirma Angelo Figaro, CIO e responsável pela Inovação e a Transformação Digital da regional LATAM da Renault-Nissan.

Em 2017, realizaram parcerias com startups de tecnologia objetivando integrar 100% as fábricas da companhia e afirmam ter obtido resultados positivos, como melhora na eficiência na parte de qualidade e detecção nos processos. No ano seguinte iniciaram a venda de alguns modelos de carros pela internet e a expectativa em 2020 era de, em breve, haver um sistema integrado com os estoques das concessionárias que permita a venda de todos os modelos pelo e-commerce. Atualmente, contam com um sistema de atendimentos virtuais com chat bot e uso de redes sociais.

Segundo Angelo Figaro, o sucesso dessa nova fase da organização é a interpretação de dados. Anteriormente alguns dados não eram usados e passar a analisá-los permitiu uma percepção de diversas variáveis que antes não eram levadas em conta, possibilitando antecipar problemas. 

Hoje as fábricas contam com o selo “Advanced 4th Industrial Revolution (4IR) Lighthouse” por adotarem tecnologias que trazem impactos positivos.

  1. Sicoob Credicitrus

O Sicoob é formado por cooperativas de créditos e empresas de apoio especializadas. Atualmente é o maior sistema financeiro cooperativo do Brasil contando com mais de 4,6 milhões de associados e atuação em todos os estados brasileiros, segundo informações da instituição.

Em 2012, iniciaram mudanças nos processos internos e perceberam a necessidade de implementação de novas estratégias organizacionais. Com a introdução de novas tecnologias e a implementação de processos digitais, notaram que a experiência do cliente foi melhorada - houve uma redução de tempo de solicitação de serviço em até 72% - e as impressões de documentos reduziram em 50%. Além disso, a rastreabilidade dos processos foi potencializada, melhorando a segurança, eficiência e o controle das informações. Nos dias atuais contam com uma plataforma de automatização de processos e com alternativas para atendimento ágil que forneçam melhor experiência para os clientes.

Alguns benefícios que a instituição apontou como resultado do processo de transformação digital foram: padronização de fluxo de processos, redução de 30 minutos diários dedicados a atualização de planilhas, diminuição de tempo de resposta dos associados de 30 para 12 dias, redução de cerca de 4.700 mensagens por e-mail e, por fim, a economia de 148 dias úteis de trabalho.

Atualmente, a organização continua em processo de transformação digital oferecendo diversos serviços financeiros de maneira digital, como por exemplo portabilidade de salário.

  1. Magazine Luiza

Grande e bastante conhecida, a empresa do ramo do varejista Magazine Luiza, investiu em tecnologia e se tornou, em 2019, a instituição de maior retorno sobre capital investido entre empresas na bolsa de valores.

Em 2014, a organização criou seu laboratório de inovação, o Luizalabs, com o objetivo de investir em tecnologia que permitisse melhorar a experiência de seus colaboradores e clientes. A partir desse momento a Magazine Luiza iniciou o que eles chamam de “Ciclo da Transformação Digital”, uma nova fase que levou em 2015 ao lançamento de seu novo aplicativo mobile e a implantação do Mobile Vendas em 180 lojas.

Com esse novo pensamento tecnológico iniciou-se o uso de plataformas digitais para clientes e entregadores, maior presença da empresa em redes sociais e o ponto crucial de consolidação dessa nova mentalidade: a criação da versão mais humanizada da Lu. A Lu do Magalu, como é amplamente conhecida, é uma influenciadora digital virtual criada pela Magazine Luiza que é responsável pela interação da empresa com os clientes no e-commerce. Contudo, a Lu hoje tem um papel fundamental no marketing digital da organização, uma vez que sua versão “mais humana” faz bastante sucesso nas redes sociais. Esse é um ponto muito expressivo da importância que a transformação digital teve para a divulgação da instituição, afinal de contas tenho certeza que você já se deparou com ela pelo menos uma vez na vida.

Em 2017, deram mais um passo na revolução digital e lançaram em sua plataforma o marketplace. Neste modelo, o que antigamente era um site de vendas apenas de produtos internos, passou a ser uma plataforma que oferecia a pequenos empreendedores um espaço para usarem a visibilidade da Magazine Luiza para vender seus produtos. Assim, o objetivo passou a ser também consolidar a inclusão digital de empreendedores e consumidores brasileiros.

“Nosso foco está nos pequenos e médios negócios e sobretudo nas pessoas da base da pirâmide sócio-econômica”, descreveu a companhia. 

Quando mudamos o foco para números os resultados são bastante expressivos. A empresa teve uma valorização das ações de 4.500% entre 2016 e 2019, além de terem obtido um crescimento exponencial nesses 3 anos. Nesses anos após a transformação digital a empresa atingiu 3 bilhões de reais de faturamento, sendo que com apenas lojas físicas foram 43 anos para fazer apenas 1 bilhão.

Esses cases provam que a transformação digital é real e possível em todos os segmentos, desde a indústria até os serviços. 

A missão da Optive é tornar isso possível para você! Contamos com uma equipe experiente e capacitada para tornar isso realidade na sua empresa. 

Quer saber mais? Entre em contato com a gente e marque uma conversa!

Gostou do conteúdo? Toda semana novos temas por aqui.

Nos acompanhe também pelas redes sociais.

Instagram

LinkedIn