Ascensão dos eSports

CS, Valorant, Dota e diversos outros tem ganhado espaço e movimentado muito dinheiro ao redor do mundo.

A história dos videogames é muito mais antiga que muitos de nós imaginamos. Pode-se dizer que alunos e professores de informática do MIT usaram as antigas máquinas da IBM para produzir os primeiros jogos eletrônicos ainda na década de 50. Contudo, foi apenas cerca de 20 anos depois que os videogames tomaram sua posição de sucesso mundial com o lançamento do jogo Pong da empresa Atari. Foi a Atari também a primeira a realizar um evento de game, em 1980, que contou com cerca de 10 mil participante, um número que surpreendeu até mesmo os organizadores. Hoje em dia os eventos relacionados aos eSports movimentam milhares de pessoas e fazem com que muitas empresas passem a olhar para esse mercado com olhos de investidores. Para termos uma ideia da quantidade de pessoas que se interessam por essa área, somente o streamer Gaules (um dos maiores do Brasil) possui cerca de 2,9 milhões de pessoas inscritas em seu canal da Twich e mais de 1,5 milhões de seguidores em seu Instagram. Dessa forma, é notável que as empresas não podem mais ignorar a ascensão desse mercado.

Os números relacionados aos eSports são realmente impressionantes! Hoje estimasse que existam cerca de 2,2 bilhões de jogadores ao redor do mundo e, segundo Reuters, esse segmento fatura cerca de 1,5x mais que o cinema e a música juntos. Além disso, entre 2019 e 2020, mesmo com a crise do Covid-19, o setor conseguiu movimentar US$ 900 milhões e a previsão é que para os próximos 5 anos o crescimento seja de +10,5% por ano. Tal fato justifica o investimento bilionário feito pela Amazon ao comprar a Twich (hoje o maior canal de transmissão dos eSports). Que no ponto de vista de especialistas foi uma grande jogada da gigante de e-commerce já que a previsão desse ano é de que 500 milhões de pessoas assistam aos jogos eletrônicos, que muitos apontam que está tomando o espaço dos esportes convencionais com o público mais jovem. Outro fator que aumenta ainda mais as expectativas relacionadas ao crescimento dos eSports é o fato de que aproximadamente 47% da população já possui pelo menos um celular em mãos, o que permite uma expansão de mercado de 3 bilhões de pessoas que ainda não possuem essa tecnologia.

Fonte: Mundo Epic

Mais um ponto que devemos ressaltar é o volume monetário envolvido nas premiações dos campeonatos. Hoje um time de futebol masculino que ganha a Copa do Brasil (que muitos chama de copa milionária) fatura R$ 56 milhões de reais e o campeão da Copa Libertadores da América leva para casa além da taça US$ 15 milhões (cerca de R$ 80 milhões). Quando comparamos esses valores aos dos campeonatos online, percebemos o quão grande o setor gamer está se tornando. Segundo o The Clucth, o primeiro colocado em um dado campeonato de Valorant chegou a receber de prêmio US$ 531 mil (cerca de R$ 3 milhões) e se pararmos para pensar estamos falando de competições novas, mas que já conseguem patrocinadores capazes de bancar tais premiações. Abaixo segue a tabela com os valores de premiação desse campeonato.

E você curte jogar ou acompanhar algum time? Conta pra gente lá nas nossas redes sociais!

LinkedIn

Instagram